Notícias

08.09.2017Ainda focado no clima e na safra americana, milho inicia pregão desta 6ª feira com leve alta na CBOT

Ainda focado no clima e na safra americana, milho inicia pregão desta 6ª feira com leve alta na CBOT

Ainda focado no clima e na safra americana, milho inicia pregão desta 6ª feira com leve alta na CBOT

 

As principais posições do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta sexta-feira (8) com ligeiras altas, próximas da estabilidade. Por volta das 9h07 (horário de Brasília), os contratos do cereal testavam ganhos entre 1,50 e 1,75 pontos. O dezembro/17 operava a US$ 3,56 por bushel e o março/18 a US$ 3,69 por bushel.

O mercado voltou a testar o lado positivo da tabela após recuar mais de 5 pontos no dia anterior. Os participantes do mercado ainda estão atentos aos campos americanos e aguardam a próxima projeção oficial da safra do país, que será reportada na próxima semana pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

"Dados de uma pesquisa realizada pela Reuters indicam um corte nas previsões dos rendimentos para o milho em alguns estados", reportou o Agrimoney.com. Segundo os números do Crop Tour, o rendimento das lavouras deverá ficar entre 175,05 sacas a 178,65 sacas por hectare, próximo do indicado pelo USDA, em seu último boletim, de 179,6 sacas por hectare.

Além disso, ainda há preocupações com o clima mais seco previsto para o Meio-Oeste. "As condições secas devem continuar através do cinturão de milho nas próximas duas semanas", disse Benson Quinn Commodities, ao Agrimoney.com.

"Para as áreas de produção de milho dos EUA, 10% da produção está dentro de uma área com seca, inalterada em relação à semana anterior e abaixo de 15%, registrado no mês passado. Porém, bem acima da média de 2016, de 3%", informou Terry Reilly.

Ainda hoje, o foco do mercado deverá ser o relatório de exportações semanais, do USDA. No caso do cereal, a perspectiva é que as vendas fiquem entre 650 mil a 950 mil toneladas. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

Por Giovanni Lorenzon

>> Milho cai mais de 5 pontos na CBOT com mais dúvidas lançadas sobre rendimento dos EUA

Tags:
 
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Outras notícias