Notícias

11.09.2017Milho: Na CBOT, mercado aguarda projeções do USDA e inicia a semana com ligeiras desvalorizações

Milho: Na CBOT, mercado aguarda projeções do USDA e inicia a semana com ligeiras desvalorizações

Milho: Na CBOT, mercado aguarda projeções do USDA e inicia a semana com ligeiras desvalorizações

 

As cotações do milho iniciaram a sessão desta segunda-feira (11) com ligeiras perdas na Bolsa de Chicago (CBOT). Por volta das 8h58 (horário de Brasília), as principais posições do cereal testavam quedas entre 1,00 e 1,50 pontos. O dezembro/17 era cotado a US$ 3,55 por bushel, enquanto o março/18 operava a US$ 3,68 por bushel.

De acordo com informações das agências internacionais, os investidores já se posicionam para o próximo relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que será reportado nesta terça-feira. Em seu último boletim, o órgão indicou o rendimento das plantações do cereal em 179,6 sacas por hectare.

Além disso, o comportamento do clima no Meio-Oeste dos EUA permanece em foco, especialmente diante das previsões de clima mais seco. Ainda hoje, o USDA reporta o novo boletim de embarques semanais, importante indicador de demanda.

No final desta segunda-feira, o departamento traz as informações sobre a safra americana. Até a semana anterior, cerca de 61% das lavouras apresentavam boas ou excelentes condições. Em torno de 26% das plantações estão em condição regular e 13% em condições ruins ou muito ruins.

Veja como fechou o mercado na última sexta-feira:

>> Em Chicago, milho encontra suporte nas vendas semanais e fecha pregão desta 6ª feira com leve alta

Tags:
 
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Outras notícias