Notícias

01.12.2017Soja em Chicago começa dezembro testando ligeiras altas nesta 6ª, mas ainda precisa de novidades

Soja em Chicago começa dezembro testando ligeiras altas nesta 6ª, mas ainda precisa de novidades

Soja em Chicago começa dezembro testando ligeiras altas nesta 6ª, mas ainda precisa de novidades

 

No pregão desta sexta-feira (1), o primeiro do mês de dezembro, as cotações da soja têm uma manhã de ligeiras altas. As principais posições subiam, por volta de 7h55 (horário de Brasília), entre 1,25 e 1,50 ponto, levando o maio/18, referência para a safra brasileira, a US$ 10,09 por bushel. 

O questionamento dos analistas e consultores internacionais neste momento é sobre a movimentação dos fundos nesse início de um novo mês. Ainda assim, sabem que há poucas novidades entre os reais fundamentos desse mercado que possam movimentá-lo de forma mais intensa a mudar o cenário atual. 

Há alguns pontos às margens dos fundamentos, porém, que continuam a ser acompanhados - como a posição da Agência de Proteção Ambiental dos EUA em relação aos biocombustíveis nos EUA, por exemplo - mas que também ainda não possuem influência suficiente para trazer as mudanças. 

O foco principal permanece sobre o clima na América do Sul, e a nova safra segue sem trazer problemas sérios o bastante também para mudar o patamar das cotações na Bolsa de Chicago. Ao mesmo tempo, a demanda permece muito firme, tal qual a oferta global ainda é confortável para os compradores nesse momento, ainda segundo analistas e consultores.

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Dólar sobe nesta 5ª feira e dá espaço para altas de até 2% para soja no Brasil 

 

Tags:
 
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Outras notícias