Notícias

11.01.2018Dólar tem leves oscilações ante real com exterior inibindo correção

Dólar tem leves oscilações ante real com exterior inibindo correção

Dólar tem leves oscilações ante real com exterior inibindo correção

 

Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar registrava leves oscilações nesta quinta-feira, tentando corrigir parte da recente queda após chegar mais perto do patamar de 3,20 reais, mas com a fraqueza da divisa norte-americana ante algumas moedas de países emergentes inibindo o movimento.

Às 10:12, o dólar avançava 0,03 por cento, a 3,2293 reais na venda, depois de fechar a véspera no menor nível desde o final de novembro, a 3,2282 reais. O dólar futuro tinha leve queda de cerca de 0,0,2 por cento.

"O dólar tem atraído compradores abaixo de 3,23 reais, mas o exterior e fluxo podem derrubar o dólar mais um pouco", afirmou o profissional da mesa de câmbio de uma corretora local.

Neste ano, o dólar já acumulou queda de 2,60 por cento frente ao real até a véspera, com o mercado mais otimista em relação ao cenário político e possibilidade de a reforma da Previdência ser aprovada em breve.

A expectativa tem sido de que o dólar exiba pequenas oscilações pelo menos até a semana do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para 24 de janeiro, em segunda instância na ação que envolve um tríplex no Guarujá (SP), na qual já foi condenado a mais de nove anos de prisão.

Se confirmada a sentença, Lula pode não concorrer nas eleições presidenciais deste ano. Eventual nova administração do ex-presidente, na avaliação do mercado financeiro, teria menos foco na recuperação fiscal do país.

No exterior, o dólar exibia fraqueza ante divisas de países emergentes, com leves quedas sobre o rand sul-africano e a lira turca, enquanto rondava a estabilidade diante do peso chileno.

Ante uma cesta de moedas, o dólar subia nesta sessão, depois que o regulador da China descartou a notícia de que o país poderia interromper as compras de títulos dos Estados Unidos, impulsionando a moeda norte-americana após a maior queda diária em um mês na véspera.

(Por Claudia Violante)

Tags:
 
Fonte: Reuters

 

Outras notícias