Notícias

05.04.2018Milho: Após desvalorizações recentes, mercado testa tímida reação na manhã desta 5ª feira em Chicago

Milho: Após desvalorizações recentes, mercado testa tímida reação na manhã desta 5ª feira em Chicago

Milho: Após desvalorizações recentes, mercado testa tímida reação na manhã desta 5ª feira em Chicago

 

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho iniciaram o pregão desta quinta-feira (5) com ligeiras altas. Os contratos do cereal exibiam leves ganhos entre 1,50 e 1,75 pontos, por volta das 8h06 (horário de Brasília). O vencimento maio/18 era cotado a US$ 3,82 por bushel, já o julho/18 trabalhava a US$ 3,91 por bushel.

O mercado testa uma tímida recuperação depois das perdas registradas recentemente. Ainda na sessão desta quarta-feira, os vencimentos recuaram mais de 7 pontos após a China taxar em 25% as importações de milho dos EUA. A medida ainda não data definida para entrar em vigor.

Apesar das preocupações, os analistas destacaram que a nação asiática se abastece com o milho da Ucrânia. Embora a situação poderia beneficiar as exportações brasileiras.

Além disso, as atenções dos participantes do mercado permanecem voltadas ao planejamento da nova safra americana. Já há especulações no mercado sobre possíveis adversidades climáticas, que poderiam afetar o andamento do plantio.

Ainda hoje, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta seu novo boletim de vendas semanais. O relatório é um importante indicador de demanda e pode influenciar o andamento das negociações.

Confira como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Milho: Com tarifa de importação imposta pela China, mercado recua mais de 7 pts nesta 4ª na CBOT

Tags:
 
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Outras notícias