Notícias

10.05.2018Milho: À espera do USDA, preços testam ligeiras valorizações na manhã desta 5ª feira na Bolsa de Chicago

Milho: À espera do USDA, preços testam ligeiras valorizações na manhã desta 5ª feira na Bolsa de Chicago

As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram o pregão desta quinta-feira (10) com ligeiras altas, próximas da estabilidade. As principais posições da commodity testavam ganhos entre 1,00 e 1,75 pontos, por volta das 8h39 (horário de Brasília). O vencimento maio/18 era cotado a US$ 3,96 por bushel, enquanto o julho/18 operava a US$ 4,04 por bushel.

Milho: À espera do USDA, preços testam ligeiras valorizações na manhã desta 5ª feira na Bolsa de Chicago

 

O mercado ainda trabalha em compasso de espera para o novo boletim de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que será reportado nesta quinta-feira.  "Para o milho, os analistas esperam pouca mudança no USDA na temporada 2017/18. Já a safra 2018/19 deve registrar uma queda nos estoques", destacou Reuters internacional.

Outra informação que também poderá influenciar o andamento das negociações no mercado internacional é o relatório de vendas semanais, do USDA. No caso do milho, os investidores esperam vendas entre 700 mil a 1 milhão de toneladas da safra velha. Da nova temporada, a estimativa é que os números fiquem entre 50 mil a 300 mil toneladas.

Paralelamente, a situação do clima no Brasil e os efeitos para a produção de milho safrinha também permanece no radar dos participantes do mercado. Assim como, a evolução do plantio nos Estados Unidos.

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Milho: Com alta do dólar e clima no Brasil, preços na BM&F consolidam 3ª valorização seguida nesta 4ª feira

Tags:
 
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

 

Outras notícias